domingo, agosto 06, 2006

Mudança de planos

Conheci a Natália numa festa da família. Uma menina muito simpática e inteligente. Conversamos durante a festa inteira e marcamos de sair.

Fui pegar a Natália no seu prédio. Pra falar a verdade, eu não estava muito animado pois sabia que os interesses dela naquela noite não eram compatíveis com os meus interesses.

Enquanto estava no carro esperando ela descer, saiu do prédio vizinho uma mulher maravilhosa. Como a Natália estava demorando, achei que não haveria problemas em fazer uma abordagem rápida. Nesta rápida conversa, ficou evidente a nossa compatibilidade de interesses.

Não tive dúvidas e convidei a Marielva para dar uma volta no quarteirão. Essa volta acabou se prolongando um pouco.

Quando cheguei em casa, depois de utilizar as 3 horas do pacote básico do hotel, resolvi retornar uma das dezenas de ligações da Natália:

- Oi Natália, desculpa, mas...
- Amando, seu canalha! Você me deu um bolo! E ainda saiu com outra.
- Calma, Natália...,.
- E além disso saiu com a empregada da minha amiga. Com a empregada, Amando! Você é um nojo!

Fiquei calado. Perplexo. Apenas ouvindo. Mas depois retruquei:

- Natália, não estou acreditando no que estou ouvindo. Uma garota de família como você, discriminando uma pessoa desta forma só porque ela é uma empregada doméstica. Pois fique sabendo que ela é uma mulher como qualquer outra e que...

- Mas não foi isso que eu quis dizer, Amando

- Eu ouvi muito bem, Natália. E não quero mais ficar ouvindo isso. Até logo, tchau.

Alguns dias depois a Natália me ligou pedindo desculpas. É claro que eu aceitei. E marcamos de sair novamente.

Mas é bom que desta vez ela não demore pra descer.

5 comentários:

meninas_rbd_rebelde com voce disse...

oi
lindo aqui me visite ok
xau

{-Sutra-} disse...

Uiii...

Anônimo disse...

Tá melhorando... ;)

Fred Delgado disse...

E que fique bem esperta!

Fred Delgado disse...

Na verdade: melhor que ela continue assim.