domingo, abril 30, 2006

Lembranças

No caminho
- A gente está indo para onde?
- É um lugar seguro onde a gente fica no carro exatamente como a gente estava lá. Prometo que você não vai nem descer do carro.

Na rua
- Hum.. esse lugar aqui não me é estranho
- Já está chegando, é logo ali na frente

Na porta
- Ei, peraí. Eu já vim aqui
- É, isso é um drive-in. Muita gente vem aqui
- Não, eu já vim aqui com você
- Foi?
- Foi, há uns 4 ou 5 anos eu acho.
- Sério?
- É. E a gente já transou.
- Certeza?
- Certeza. A gente se conheceu na praia, como hoje. Aí ficou parado com o carro um tempo lá na frente da praia. E aí você começou a dizer que era perigoso lá. Então saímos, você disse que iríamos para um lugar seguro, me prometeu que eu não iria nem descer do carro. Então viemos cá. Era só para conversar mas acabamos transamos.
- É, parece que foi mesmo. OK, então, vou te deixar de volta lá na praia.

5 comentários:

jair beirola disse...

muito bom o blog.

Anônimo disse...

Rapaz, sempre achei Amando um ídolo. Suas histórias impressionam, como se estivéssemos a ler as "Memórias de Casa Nova". Sem dúvida, o passar dos anos mostrará o valor do registro lírico dessas aventuras para a literatura ocidental!

Felipe Sorin

Amando Jucá disse...

Querido leitor Felipe, agradeço o seu comentário e fico muito feliz que você esteja apreciando o meu trabalho.

Anônimo disse...

Gostei do Blog... muito bom mesmo...

Ricardo disse...

hauahuahau é melhor escutando vc falando... Puts... escreve as coisas completas... :P hauah Gostei mesmo do blog...