domingo, junho 11, 2006

Véspera

Adoro o dia dos namorados! Pode parecer estranho, mas é verdade. Quer dizer, o que eu gosto mesmo é da véspera do dia dos namorados.

Minha programação neste dia é sempre a mesma: ir ao shopping para conhecer namoradas carentes e maltratadas, mas que mesmo assim estão dispostas a comprar presentes caros e escrever cartões bonitinhos.

Encontrei uma garota interessante na papelaria. Ela estava em dúvida sobre qual cartão comprar para o namorado.

- Se ele for carinhoso, você poderia dar este cartão aqui.
- Falou comigo?
- Se o seu namorado for um cara carinhoso, você poderia dar esse aqui ó
- É, legal esse mesmo. Mas não sei se ele é tão carinhoso assim.
- Ou então esse aqui para homenagear a fidelidade dele?
- Não tenho tanta confiança nele
- E este?
- Ele não é tão atencioso comigo, sabe...
- Desculpe dizer isso, mas o que você está fazendo com um cara como esse então?

Acabei convencendo ela a comprar um cartão em branco. Continuamos conversando e aos poucos ela foi me confessando algumas das desilusões sexuais que vinha sofrendo.

É por isso também que eu adoro o dia dos namorados. Porque é um dia para homenagear esses homens incompetentes, que tanto facilitam a minha vida. Quer dizer, na verdade todo dia é dia de homenageá-los.

Ajudei Julieta a escrever o cartão. Com a caneta do hotel. Ficou lindo. Acho que o Vladimir vai gostar.

Feliz dia dos namorados!

4 comentários:

Guga Fonseca disse...

A cada dia eu me torno mais fã do Amando!
Acima de tudo ele tem um caráter filantrópico... sempre ajudando as mulheres sofridas com namorados tão incompetentes!
Imagino então a edição da semana do natal, tenho certeza que vou ficar muito comovido com a estória que vai ser relatada aqui!
Poderíamos fazer uma campanha em prol de beatificar o Amando...
Salve Amando, Santo Amando!!!
hehehe

Anônimo disse...

adorei a historia da ajuda da escolha dos cartões..serah q encontro uns desses pra ajudá-los??? vc acha q existe mais namoradas maltradadas ou namorados maltradados???? ehehhe

Amando Jucá disse...

Querido(a) leitor(a),

Segundo dados de Outubro/2005 do IBGE, existem atualmente 32% a mais de namoradas maltratadas do que namorados maltratados.

Entretanto, analisando a evolução história deste índice, percebe-se que os namorados maltratados vêm crescendo à uma taxa anual superior que a de namoradas maltratadas.

Desta forma, pode-se concluir que dentro de alguns anos teremos um cenário de certo equilíbrio.

The Richard Gere's Goalkeeper disse...

Meu amigo, nessa vc se superou